senha

Palavra da Ir. Ana Teresa - Julho 2015

em 09/07/2015 | 00h00min

Palavra da Ir. Ana Teresa - Julho 2015Inspetoria Nossa Senhora da Penha - Circular 07/2015

Queridas Irmãs,
                                       
Deus nos chama a uma generosa entrega e a oferecer-lhe tudo,
também nos dá as forças e a luz de que necessitamos para prosseguir.
No coração deste mundo,
permanece presente o Senhor da vida que tanto nos ama.
Não nos abandona, não nos deixa sozinhos,
porque se uniu definitivamente à nossa terra
e o seu amor sempre nos leva a encontrar novos caminhos.
Que Ele seja louvado!

Iniciando o segundo semestre do ano de 2015 e olhando o caminho percorrido até aqui, nos colocamos numa atitude de agradecimento.
Sim, o amor de Deus e sua misericórdia nos cercaram e estiveram conosco todos os dias. Disto temos certeza.
Vivemos um tempo de graça! São tantas as manifestações, os sinais visíveis de que Deus continua acreditando em nós.
Vivemos hoje em tempos de muitas riquezas, somos bombardeadas de tantas informações, são tantos os desafios que nos interpelam a focar nossa atenção naquilo que é essencial e a construir nosso ser religiosas a serviço de um carisma – a educação da Juventude.
Madre Ivonne Reungoat na carta de apresentação dos Atos do CGXXIII nos diz: “A nossa vida será contagiante e fecunda de vocações se soubermos alargar o olhar do coração para perceber a profunda necessidade de Deus que vem dos jovens que encontramos todos os dias no nosso caminho; se estivermos disponíveis a encontrar – junto com eles - respostas evangélicas. ”
Sabemos que os jovens poderão crer na vida como Dom de Deus se experimentarem o nosso amor gratuito por eles e partilharmos com eles a nossa experiência cotidiana do encontro com Deus; numa sociedade sempre mais ‘líquida’, somos chamadas a testemunhar o nosso permanecer fiéis até o fim, como Maria aos pés da cruz, à espera da Ressurreição.
Estar com Jesus nos coloca numa atitude de constante formação do nosso olhar contemplativo da história, que sabe ver e escutar o Espírito Santo, sempre presente e, de modo privilegiado, discernir a sua presença para viver o tempo como tempo de Deus. Quando falta um olhar de fé, “a vida vai perdendo gradativamente o sentido, o rosto dos irmãos faz-se opaco, tornando-se impossível descobrir neles o rosto de Cristo; os acontecimentos da história permanecem ambíguos, quando são desprovidos de esperança”.   A contemplação nos abre para uma atitude profética. O profeta é um homem/uma mulher que tem os olhos penetrantes, alargados e que ouve e diz a Palavra de Deus. É aquele que contempla com gratidão o passado, que constrói com alegria e esperança o presente e que tem coragem e ousadia para indicar caminhos para o futuro.

Como resposta à missão foram realizadas as atividades em junho:
- 08 e 09 – Reunião ampliada dos Conselhos Inspetoriais: SDB/IMM/INSP - BH
- 12 a 14 – ENAS (Encontro Nacional de Ação Social). Participaram em Brasília as Irmãs: Maria Caliman, Tânia Maria, Maria Rita, Gerline e o educador de Belford Roxo – Stevie. O encontro aconteceu em Brasília.
- 20 e 21 – Encontro de Formação para os Educadores Sociais da Inspetoria – Rio de Janeiro / INSA

Em atitude de esperança e solidariedade, acompanhemos as atividades do mês de Julho:
- 10 a 20 – Encontro para as Neo-Inspetoras - Roma
- 15 a 18 – Encontro Nacional de Educação Católica – ANEC – Curitiba
- 22 a 26 – Missão Juvenil – Rio das Ostras
- 23 a 26 – Congresso Nacional de Cooperadores Salesianos – Porto Alegre
- 25 – Encontro da Família Salesiana com o Reitor Mór – Niterói
- 31 a 02/08 – Encontro Vocacional – Cachoeiro de Itapemirim

Desejo que no coração de cada uma arda o fogo e a alegria do chamado, como recomendava Madre Mazzarello às primeiras FMA e ainda hoje continua dizendo a cada uma de nós suas filhas: “Fique bem atenta e não deixe que se apague o fogo que o Senhor acendeu no seu coração”  

Em comunhão de orações, meu abraço fraterno, Ir. Ana Teresa

Fonte: Redação

  Eventos - Fevereiro

Nenhum registro encontrado!

Ver todos eventosver todos eventos