senha

Milhares de Luzes para o Sínodo Sobre a Familia

em 05/10/2014 | 00h00min

Milhares de Luzes para o Sínodo Sobre a Familia

Roma (Itália)."Ao iniciarmos o Sínodo sobre a Família, rezemos pedindo que o Senhor nos indique o caminho”: é este o Tweet com o qual Papa Francisco abre os trabalhos do terceiro Sínodo extraordinário dedicado à família, que se realiza de 5 a 19 de outubro e tem como tema “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. Um momento particularmente importante e uma ocasião providencial de renovação para a Igreja e a sociedade. 

Em torno de 70 Capitulares nesta manhã estiveram na praça São Pedro para participar da Celebração Eucarística presidida pelo Santo Padre, na abertura oficial da Assembleia sinodal.

Muitas foram as que participaram no sábado de noite da vigília de oração, juntamente com mais de 80 mil fiéis, durante a qual o Papa rezou pelos Padres sinodais: «Pedimos ao Espírito Santo o dom da escuta: escuta de Deus, a ponto de ouvir com Ele o grito do povo; escuta do povo, a ponto de respirar a vontade de Deus à qual Ele nos chama. Ao mesmo tempo, é preciso disponibilidade para um confronto sincero, aberto e fraterno, que nos faça assumir com responsabilidade pastoral os questionamentos que esta mudança de época traz consigo. O terceiro dom que imploramos com a nossa oração é o dom do olhar porque, se de fato desejamos avaliar o nosso caminho em relação aos desafios contemporâneos, a condição fundamental é manter o olhar fixo em Jesus Cristo, permanecer na contemplação e na adoração do seu rosto. Se assumirmos o seu modo de pensar, de viver e de relacionar-se, não teremos dificuldades de traduzir o trabalho sinodal em indicações e percursos para a pastoral da pessoa e da família».

“A família continua sendo escola incomparável de humanidade”, colaboração indispensável para uma sociedade justa e solidária. Na vida, quanto mais profundas forem as raízes da família, tanto mais “será possível sair e ir para longe”, em qualquer terra, sem perder-se nem sentir-se estrangeiro.

Na homilia, Papa Francisco recordou a imagem da vinha do Senhor e explicou: «A vinha do Senhor é o seu “sonho”, o projeto que Ele cultiva com todo carinho, como um agricultor que toma conta do seu vinhedo. A videira é uma planta que exige muitos cuidados! [...] Também nós, no Sínodo dos Bispos, somos chamados a trabalhar para a vinha do Senhor. As Assembleias sinodais não são feitas para discutir ideias bonitas e originais, ou para ver quem é o mais inteligente... Elas servem para cultivar e cuidar melhor da vinha do Senhor, para colaborar com o seu sonho, com o seu projeto de amor para com o seu povo. Neste caso, o Senhor nos pede para cuidar da família que, desde sempre, é parte integrante do seu desígnio de amor para com a humanidade». 

“Para descobrir o que o Senhor pede hoje à sua Igreja, devemos estar atentos aos movimentos deste tempo e perceber o “cheiro” da humanidade de hoje, a ponto de ficarmos impregnados das suas alegrias e esperanças, das suas tristezas e angústias. Quando isto acontecer, seremos capazes de propor com credibilidade a boa notícia sobre a família”.

Todos foram convidados a acompanhar os trabalhos do Sínodo com a oração, invocando a materna intercessão de Nossa Senhora.

Fonte: Redação

  Eventos - Outubro

Nenhum registro encontrado!

Ver todos eventosver todos eventos